terça-feira, 28 de outubro de 2008

Tua vadia

FOTO FERNANDA NOGUEIRA
Dispo-me de angústias anteriores
dos velhos e falsos amores
da minha vida vazia
Para receber os teus sabores
teus aromas, tuas cores
tua deliciante cinesia
E consumir os teus teores
sem amarras, sem pudores
ser, enfim, tua vadia!
Malu Sant'Anna

2 comentários:

Tahys disse...

Minha amiga, adorei, e como já conversamos sobre isso é desnecessário s dizer que é de coração. Adoro-te Margarida em flor. Beijos!!

Gelson Weschenfelder disse...

uiiiiii
muito este blog,
estou curioso para ver os novos poemas.
parabens